segunda-feira, 30 de maio de 2011

manto




....quando penso em você
não penso em você
penso na sua dimensão
e na nossa profundidade
e elas aumentam
enquanto o tempo passa
tanto que quando estou por perto
você me identifica
abre a porta e eu aporto
no aperto do seu abraço
sua natureza nutril
e a minha servil
nos alimentam...

12 comentários:

Tatiana Moreira disse...

Que poema lindo!
Uma comunhão perfeita!

Um abraço carinhoso

O Impenetrável disse...

muito bonito o seu poemas, cada frase soa como flecha certeira.

ótima semana!

MIRZE disse...

Belíssimo!!!!

Guru, esse arrasou multidões.

Beijos

Mirze

Ana Andreolli disse...

Adorei, ainda mais esses dias, q ando pensando demais em alguem..

Barbara disse...

energias...

escotilha disse...

bela fonte!

:)

Luciano Fraga disse...

Caro amigo, a declaração da grandiosidade de alguém ou de algum...Muito bom meu irmão, abraço.

Lin disse...

Tá certo...
Muito bom!

Sylvio de Alencar. disse...

Fácil nos identificarmos, não só pela idéia ou sentimentos, mas, pela maneira como escreves: somos embalados por suas palavras.
Sempre uma surpresa aqui encontramos.

Adriana Godoy disse...

Bonito, Guru...Bj

Zélia disse...

Eu sei que vc continua aqui. ;) Senti sua falta. Vim aqui dia desses mas não consegui postar comentário. Acho que, agora, vai!

Me perco neste rastro de lua no mar. Enlouqueço como Ismália. Vejo uma lua no céu, vejo outra lua no mar...

Bjo! ;)

Cristina Serrado disse...

Muito bom....Boa sorte com seu blog.

 
Website Statistics Investing