domingo, 12 de junho de 2011

chamuscado


rastro da lua no mar: prata
lastro da noite em mim: preto
lascívia à flor da pele: puta
teta xota coxa sinto que já tô pronto
pra me recolher ao teu manto
cara boca bunda pele de veludo e seda
beijo lambo chupo mordo aliso
linho do céu aparto entro aperto tinjo
pinto aquarela ralo relo rola regada
rio grito rolo e rua ripa na chulipa!
lapa solo saia curta chama das velas gregas
fêmea forma fama samba sopa pinga
sina sanha fogo leve cão sem dono
rua do catete gente pra cacete
sono casa cama durmo...

16 comentários:

Beti Timm disse...

Por isso gosto daqui, é tudo intenso, sem floreios ou subterfúgios como sempre deve ser!

Beijos
To voltando aos pouquinhos

Agora to aqui

http://donasanta8.blogspot.com/

Luciano Fraga disse...

Meu caroa amigo, dança, rima, ritmo, alma lavada... Abraço forte.

betina moraes disse...

u
-
a
-
l

!

Tatiana Moreira disse...

A dança das palavras em perfeita harmonia! Que ritmo bom!!!
Tenha uma ótima semana!
Um abraço carinhoso

b disse...

libido solta!
Benza Deus!

Adriana Godoy disse...

Tão lindo, dançante, contagiante, sensual! Guru, andas apaixonado? Beijo

Ana Andreolli disse...

parece mesmo um samba, tem som...

Lin disse...

Do cacete! Rsss

MIRZE disse...

rastro da lua no mar: prata
lastro da noite em mim;

Tão lindo, Guru!

O resto não enxerguei direito. rs

Beijos

Mirze

O Impenetrável disse...

texto cheio de exuberância e volúpia. parabéns.

ótimo fds.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

música pura!

Sylvio de Alencar. disse...

Não tenho a manha de escrever deste jeito.
Menos mal que tenho a de curtir com deleite.

Abraços dos meu braços, do meu jeito, do meu peito.

Tatiana Moreira disse...

Obrigada por sua visita e palavras deixadas!
Tenha uma ótima semana!
Beijos com o meu carinho

Tavares disse...

hot! rs.
bjs

Sylvio de Alencar. disse...

Interessante é ler de mente quieta, sem interferir no que se vê, no que se lê.
As palavras rolam como seixos assim como as imagens, sem interrupções no que é observado, pois não há observador, nem tentativas de 'tradução'; o que existe está lá: de cabo a rabo, de corpo e alma.

Ler é fácil, mas não é difícil.
:)

Abraços!

Pérola Duarte disse...

Muito caliente....

 
Website Statistics Investing