quarta-feira, 14 de abril de 2010

muro do paraíso

...não sei o que é pior
se um Deus do lado de fora tão grande mas tão difícil e inacessível
ou um Deus do lado de dentro tão pequeno tão impotente e tão descartável...

11 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Piores os homens a colocarem culpa num Deus que criaram e que tudo lhes deu... ;)

Luanne Araujo disse...

viva deus dentro grande e tangível...

scriptmanent disse...

Deus é bom. O homem é que ao tentar explica-lo ou entendê-lo da sua forma limitada, acaba O limitando. Porém, Ele não depende de nada, não depende de como O vemos. Ele é, simplesmente TUDO.

Bjos

Branca

Mirse Maria disse...

A filosofia ajuda a entender.

Melhor o Deus do lado de dentro, que não é nem pequeno, nem impotente, nem descartável, para quem acredita Deus está dentro da gente.

Beijos, Guru!

Mirse

Adriana Godoy disse...

Adorei...mesmo! beijo

Mai disse...

Tê-lo dentro faz compreender o inumano em nós.
beijo e bom final de semana.

Erica Vittorazzi disse...

Fico com o de dentro, mas também rogo ao de fora. Um não é amigo do outro?


Beijos

Sylvia Araujo disse...

Voto em sermos nosso próprio Deus! ;)

Beijoca

Barbara disse...

A luanne colocou bem.
De qualquer maneira sem opção e nem importa tanto desde que você use os dois de quando em vez...

Zélia disse...

Os dois são iguais. Nem um nem outro faz muita diferença. A diferença quem faz somos nós. Se o muro é alto demais, tenho que saber que posso pulá-lo. Se Ele parece impotente, eu tenho que saber que eu posso transformá-lo. Já dizia uma velha canção: "depende de nós..." kkkk

Bjinho!
Hummm. Vi umas coisas interessantes. Vou dar mais uma voltinha por aqui...

;)

tavares disse...

seus comentários me alegram!!

 
Website Statistics Investing