sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

...hermas...

toda manhã logo após acordar tomo uma nova decisão
de aceitar a possibilidade da morte pelo simples fato de estar vivo
! se ela vier que seja como a do meu filho rápida e INDOLOR !
e sigo a vigília feliz realizando...
à noite antes de dormir agradeço por ter sobrevivido
mais um dia da minha existência
mas ainda assim não me iludo com os perigos que rondam minha madrugada
entrego o corpo e o espírito aos cuidados dos guardiões de morfeu
sentindo o cansaço imenso de um pecador aspirando o sono profundo de um santo
suspiro profundo debaixo do manto e sou levado pro limbo no lombo da cegonha
a mesma que me trouxe no bico aninhado
na mesma mortalha com a qual eu me cubro
então me descubro brincando de cabra-cega
com os que foram e com os que ainda não vieram
e mesmo com os olhos vendados continuo vendo à frente atrás e ambos os lados
é um mundo absurdo de beleza e treva
onde eu pendurado pendulo de cá pra lá de lá pra cá
e de repente num solavanco da corda
acordo com a buzina do padeiro
e o pandeiro de jackson botando bebop no meu samba...
não tenho problemas com a morte e sim com a dor
não tenho problemas com a perda e sim com a dor
sou homem o princípio ativo sensível e elaborado da natureza humana
sou pelo princípio do prazer
não fui projetado pra conviver com a dor







hoje acordei
me sentindo
uma árvore gigante
que perdeu um galho importante
em seu layout
e na dinâmica do seu porte
uma parte de mim morreu
mas sobreviverei

24 comentários:

Mirze Souza disse...

Claro que sobreviverá!!!!

Como ficaremos sem você?

Beijos!

Mirze

Zélia disse...

Sobreviveremos!
Eu estou com vc...
Sempre!!!

Bjo! :)

betina moraes disse...

.
.
.

vamos juntos.

.
.
.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Guru, morremos aos poucos, perdemos nossas folhas e nossas cascas envelhecem,mas só as cascas, só as cascas... Abraço forte irmão.

Adriana Godoy disse...

E sempre pode contar com meu carinho. Quebram-se os galhos, mas as raízes permanecem. Beijo

Lin disse...

O amor fica.

Sylvio de Alencar. disse...

A seiva cobrirá o buraco, por fora ficará inteiro novamente.
O buraco da alma ficará, para mostrar, cálidamente após um tempo, que outra dimensão existe.
Lembranças profundamente encravadas na alma tornarão seu sobreviver algo mais rico.

Feliz Aniversário, Viajante.

Luciano disse...

Grande Guru. Que nasçam outros novos galhos. Mais fortes, mais belos.
Curti teu comentário lá no gergelim. Saiba que és sempre bem vindo.
Abração.

Valéria Sorohan disse...

Gostei do Balaio.
A gente sempre morre um pouquinho a cada dia.

Fica com meu beijooO*

CAROLINA CAETANO disse...

Guru, digo o que já disse Betina. E digo todos os dias o que já disse Betina.

Juntos.

E.M. Tronconi disse...

Saudação bardo/aedo!!!
Retribuindo a visita... me enriquecendo mais!
Sou seu fã desde que ouvi pela primeira vez "Luz Além" dentro de uma sessão da União do Vegetal.
Tenha uma excelente semana!

Maria Maria disse...

Você definiu meu momento atual!

Beijos,

Maria Maria

betina moraes disse...

belo acréscimo, companheiro,

precisando de mim, diga.

estamos juntos.

Zélia disse...

Essa música conta história na minha vida!!!

Bjinho, hoje! :)

Anônimo disse...

"Quanto custa uma viagem entre o nascimento e o pôr do sol da vida de alguém..."
Quanto pesa a viagem ser interrompida, Guru?!! Quanto pesa?

Lin disse...

É Guru,
É mesmo muito rápido. Mas é luz e isso é o que importa, não esvazia nunca, apenas se dissipa e ajuda a seguir sobrevivendo...
"Viver não é preciso".
Bj

Erica Vittorazzi disse...

Guru, como é bom ouvir você!


Alegrou meu dia!!!!


bEIJOS

Adriana Godoy disse...

Ouvi a música...boa demais! beijo

"hoje percebi no laço..."

escotilha disse...

que texto!

a canção eu já havia escutado, é linda!

engraçado como o post está sendo tecido, dia a dia, de acordo com o desdobramento da sua dor...

não, meu amigo, você não nasceu para a dor

e a dor, em breve vai se tocar disso.

um beijo atemporal.

Mirze Souza disse...

POR AQUI....tudo continua lindo!

"Vem meu bem, que é muito rápido"

Belíssima composição, GURU! Já está no meu Orkut, Real Player e onde mais couber.

Cariocas não gostam de dias nublados!!!!!


Enquanto vivos, vivamos!

Beijos

Mirze

b disse...

"a dinâmica do porte" - é tudo.

Luciano Fraga disse...

Meu caro amigo Guru, grande reflexão sobre vida/morte/perdas/sonhos, "a gente só não sabe inventar a dor", abração.

Sylvio de Alencar. disse...

Não fomos feitos para a dor, é um fato!; dito por Deus, e reconhecido por quem é Mestre.

Sua musica e poesia: sonora como sua voz!
Um prazer ouví-lo!

Grande abraço!

Lin disse...

Oi Guru,
D. Zenilda aqui do lado encantada com o texto e a música. "Muito lindo, inteligente e reflexivo" ela disse e manda um beijo e que Deus te abençoe.
Bj

 
Website Statistics Investing