terça-feira, 11 de maio de 2010

o desbunde vale mais

minha viagem não tem início nem fim
sou uma transitoriedade autônoma...

passo peso peço piso posso pulso

sensação de missão nenhuma
mas de rebanho no fluxo...

a massa a meça a missa a moça e o mousse

guiado por uma vitalidade irreverente e eterna

perecível mas restaurável que persevera...

a barca a beca a bica a boca e a burca

admiro os aborígenes australianos

os tuaregues norte africanos
os índios americanos
e os ciganos europeus
nômades...

a saca a seca a cica a soca
o soco o sulco e o suco
mas o Rio é meu estandarte cultural

meu amor pelos outros nasce aqui...
a baça à beça a biça a bossa e a buça

13 comentários:

Adriana Godoy disse...

É isso, Guru. Gostei à beça, Beijo.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

E a buça?! - kkkkk... o título devia ser mesmo desbunde?! rs... brincando...

Genial, meu caro! O modo como coloca a sensação de não-pertencimento e os sons e as palavras que ladeia pra fazê-lo são viscerais e únicos e belos!

Mirze Souza disse...

Beleza, Guru!

Bom saber esse radicalismo, para jogar "Letroca".

Bom também é o Rio! À beça à benção!

Beijos

Mirze

Sílvia disse...

Incrível como percorremos o mundo com meia dúzia de palavras parecidas..
Beijo

Jacinta Dantas disse...

Nesse desbunde todo, a gente vai percebendo que se pode brincar, dizendo-brincando-falando-sério. Muito bom participar com você desse desbunde.

um abraço

Barbara disse...

Seus textos têm forma, som e ziriguidum .
Estandarte sagrado este, eu reconheço, aliás, conheço.

Luanne Araujo disse...

ótimo, intenso. vivo, viva.

Zélia disse...

kkkkkkkkkkkkk

Adorei, meu Guru!

Sempre divertido e sábio jogador de palavras.

Bjos em vc e no seu Rio. Como diz a frase no seu reloginho: "Viva a sua paixão"! ;)

Anita Mendes disse...

continue viajando querido guru, eu estarei aqui (te esperando) no mesmo lugar(rs)
Amei!
beijos Anita.

Luciano Fraga disse...

Caro Guru, e continua a bamabanga,seguindo em liberdade, gostei a beça meu irmão, abração.

Eduardo Marculino disse...

Parabens pela postagem.

abraços

Mai disse...

E a tua liberdade e criação.

Tantas vezes você me surpreende ou eu me surpreendo à beça, quebrando a cabeça em tuas entrelinhas.

bom, muito bom.

abraços e bom final de semana.

tavares disse...

viva a música... das palavras! permite a gente ir pra esse lugar mais escoondido, mais difícil, que é só... a fluência de tudo..
bjs

 
Website Statistics Investing