domingo, 13 de dezembro de 2009

dedos bentos(letra de música)


ifeelmyself.com
Play Showreel

dedos bentos que fazem tão bem dedilhando a luxúria no meu bem
batizado nas águas da paixão um segredo no colchão
que jaz em nós sagrado em cada dobra dos lençóis
no beijo acendendo a madrugada delicias frontais
santuário onde como com os olhos saborosa agonia digital
é o recanto onde encontro as sensações de muito antes do depois
que jaz em nós sagrado em cada dobra dos lençóis
no beijo acendendo a madrugada delicias frontais
dedos bentos que torturam de prazer
bolinando sensações molhada
dedos bentos...

19 comentários:

Anônimo disse...

Tem uma beleza aqui, algo que causa impacto e deslumbra. Mulheres lindas entoando uma quase melodia orgástica. Nesse palco, vc só pode mmo ser gato sapato macaco e sambar...mas tem que ser ousado, como só um poeta sabe ser, como só um Guru sabe ver...

Branca disse...

Deu pra sentir ... intensamente.

Lisa Alves disse...

Nossa tuas palavras tem ritmo musical. Parabéns pelo dom!

Adriana Godoy disse...

Guru, que vitalidade, que ritmo, que vontade. Vc sabe das coisas e a gente vai seguindo sua arte, sua emoção. Beijo.

Mirse Maria disse...

Sua emoção, arte para poucos!

Parabéns, amigo!

Beijos

Mirse

Anita Mendes disse...

por isso digo e repito: se existe outras vidas ...quero nascer mulher em todas elas !!(rs)
lindo!
beijokas!!!!

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Guru, sedução,vitalidade, virilidade sutil no palavreado,muito massa, abraço

Mai disse...

Crinas repartidas em prenha poesia parida. Muito, muito e demais.
Um abraço.

Zélia disse...

Nossaaaaaaaaa! Tuas palavras bateram fundo! E eu devo dizer que ADORO quando vc vai no meu blog com aqueles "poemas-comentário" dizendo tanta coisa linda e que eu adoro! :D

Te desejo um Natal Maravilhoso!

Bjim!

scriptmanent disse...

E esse vídeo!!! Fortíssimo!!

Beijo meu querido.

betina moraes disse...

maravilhoso!

você é um poeta porreta!

um beijo.

Mai disse...

Guru, é que teus dedos, para além da luxúria do teu bem, tece palavras, semeia o bom e o belo das línguas.
Parece que tudo em ti É pura poesia ou nua poesia deitada aqui e por onde andas.
desculpe mas teu ultimo comentário foi poesia na minha veia, sabe?
Transfusão, vida, sopro, prana...

Beijos e bom 2010.
Obrigada pelo encontro de palavras

Beti Timm disse...

Teu espaço, exala seduç~~ao e beleza crua mas, suave.

Vc vai gostar do meu outro blog, muito a ver com o seu.

http://enredoseeentretantos.blogspot.com/

Beijos e Feliz 2010!!

Flávia disse...

Ei, Guru, Lindo Blog!

Obrigada pela visita ao Gramatura em 2009. Feliz ano novo!

Flávia
http://gramatura.blogspot.com

Beti Timm disse...

Para todos democráticamente falando...rs

Lou Vilela disse...

Muito bom, Guru!

Abraços

Beti Timm disse...

Oi, meu Guru favorito,

bom te ver de novo lá no Enredos!
Obrigada!

Já disse que agora sou tua tiete, né? rsrs

Beijinhos

Sylvio de Alencar. disse...

Caraca!!!
Da onde vc tirou isso???????
Cara...!!, sem palavras!!

Sylvio de Alencar. disse...

Um fato constatado: dedos bentos.
Um olhar incediado: o meu.

(A produção do video: soberba)

 
Website Statistics Investing